Cinismo versus Romantismo

Em “A Mulher Pintada”, a escritora francesa Françoise Sagan, considerada “enfant terrible”, desmascara seu romantismo, sem rejeitá-lo. A autora parece travar uma batalha consigo mesma, em certos momentos, parece dizer: “Vê? As coisas não são tão perfeitas assim”.

Read more