AtualidadesCuradoria

Baixe sete cartas do mestre sufi Ad-Darqawi

A editora Bismillah, que se dedica à publicação do pensamento islâmico, disponibilizou para download sete cartas de Mulay Al-Arabi ad-Darqawi (1760-1823), religioso marroquino que – segundo Marcelo Brandão Cipolla, tradutor dos textos para o português – “revivificou” a tradição Shadhili, “continuadora das formas mais antigas do sufismo“. Com cerca de 20 páginas, o e-book Cartas Suplementares de um Mestre Sufi antecipa o lançamento da tradução de correspondências de ad-Darqawi feita pelo filósofo e historiador Titus Burckhardt no século XIX, trazendo textos não selecionados por ele.

O texto pode interessar aos fiéis do islamismo, a estudiosos de filosofia e teologia ou mesmo a quem deseje debater temas do campo da ética. Baixe aqui. Nele, ad-Darqawi fala da relação com Deus, da aceitação do destino e da separação em relação ao que seja privado de preocupações espirituais.

Leia um trecho da carta 3:

Eu disse a um dos pretensiosos cujos corações estão tão cheios de rancor, inveja, orgulho, ganância e outras más qualidades: “Sê integro de coração e diminui a quantidade das tuas orações e de todas as tuas ações. Cumpre apenas as orações obrigatórias e as sunnas [dizeres de Maomé] confirmadas e nada faças além disso. Tuas muitas ações não têm qualquer proveito para ti quando o teu coração é maligno, por maior que seja o teu conhecimento. O que te beneficiará será uma coração sadio, juntamente com o que Deus prescreveu como obrigatório. Se tiverem isso, poucas ações te serão suficientes.

O sufismo é uma vertente mística e esotérica do islamismo. Saiba mais neste documentário da TV Brasil.

Confira também outros livros gratuitos da Bismillah.

Capa do livro Cartas suplementares de um mestre sufi

 

Participe da conversa