Referência filosófica no campo da literatura: na crônica “Mundo que se desmancha“, José Castello aponta no escritor Ernesto Sabato a afinidade com o filósofo Emil Cioran:

Sabato é um pessimista, da mesma linhagem de E. M. Cioran, o filósofo romeno de quem se sente espiritualmente tão próximo. Um filósofo não religioso que, apesar disso, acreditava que tudo se pode sufocar no homem, menos sua necessidade do Absoluto. Certa vez, em Paris, Sabato o visitou. Durante quatro horas, os dois conversaram sobre esse mundo sem ilusões, sofrendo de uma grave dor metafísica, tomado pela sensação contínua de que tudo vai dar errado.

No portal EMCioranBR, há o excerto do livro Antes do Fim, resenhado por Castello, em que há o relato do encontro entre os dois intelectuais:

Conversamos fraternalmente durante mais de quatro horas, até  que tive de retirar-me porque meu amigo Severo Sarduy me esperava em um café não muito distante. Descobri em Cioran a coerência de um homem autêntico, e compartilhamos pensamentos de notável semelhança. Como a necessidade de desmitificar um racionalismo que só nos trouxe a miséria e os totalitarismos. Como também a imbecilidade dos que acreditam no progresso e no avanço da civilização. “Pode-se sufocar tudo no homem, salvo a necessidade de absoluto, que sobreviverá à destruição dos templos, assim como à desaparição da religião sobre a Terra.” Palavras de um filósofo cuja lucidez era produto de suas perplexidades e de seu tormento.

As proximidades entre Sabato e Cioran — como a morte tem um peso decisivo na perspectiva de ambos, como o pessimismo encontra tons diferenciados em um e outro — foram analisadas com mais profundidade por Doina Gheorghiu neste artigo (espanhol).

***

Observatório da Filosofia Algures é dedicada a mapear o aparecimento de referências a filósofos ou a temas filosóficos em outras áreas — nas artes, nas ciências, na imprensa. Procura, assim, exibir pontos de influência da filosofia fora do seu campo disciplinar próprio e como varia a forma do seu impacto (como os filósofos são usados, como suas ideias servem a cada vez).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *