“O conhecimento profundo, de qualquer coisa, da contabilidade à faxina, é alegre, pois por meio dele nos tornamos ativos. Ao contrário, a incompetência, passiva em alto grau, não produz apenas um resultado ineficaz, mas também um processo infeliz.”

Categorias:Microfilosofias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *